segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Criança de 9 anos morre eletrocutada em cerca clandestina em Natal


Uma criança de 9 anos morreu após sofrer descarga elétrica em uma cerca clandestina na tarde deste domingo (30) na zona norte de Natal.

A garota Ana Clarissa dos Santos brincava com uma amiga na casa do vizinho quando sofreu o choque.

De acordo com a mãe da criança, a cerca era feita de fios finos, e teria sido colocada clandestinamente no quintal da residência para evitar o roubo dos galos de briga que eram criados pelo dono da casa.

Após o acidente, Ana Clarissa ainda foi levada ao hospital, mas não resistiu e veio a óbito.

A família prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil do bairro. O delegado aguarda o proprietário da residência para esclarecer os fatos.

O caso deverá ser encaminhado para a Delegacia Especializada em Homicídios (DEHOM), onde o responsável indiciado por crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Mossoróhoje

O uso de cercas elétricas é bastante comum na zona urbana dos municípios. Entretanto, o equipamento deve ser instalado a uma altura compatível, que minimize o risco de choque acidental nos moradores e usuários das vias públicas, segundo a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Também é necessário a fixação, em lugar visível, de placas de aviso sobre a existência de cerca elétrica, utilizando símbolos para possibilitar a compreensão inclusive por pessoas analfabetas

Elemento da cidade de Grossos, é preso em Tibau por roubo e furto.


Uma guarnição do destacamento de policia Militar da cidade de Tibau,composta pelo Cabo Simonal e os soldados,Mikael e J. Leandro,prendeu na noite deste ultimo sábado,efetuou a prisão de Anderson Lucas,natural de Grossos, 18 anos de idade acusado por arrombamento e furto a veículo. 

De acorco com o Cabo Simonal,o suspeito,caminhava pela rua quando aproveitou o momento em que um veículo tipo Fiat Uno estava estacionado e não havia ninguém por perto, O acusado conseguiu abrir o carro e furtou uma quantia de Mil Reais,que estava dentro de uma bolsa em seu interior. 

O alarme do carro disparou e o suspeito saiu correndo,mas foi preso pela PM,acionada pela dona do carro,que conseguiu avístá-lo quando este deixava o local. 

Anderson Lucas,foi conduzido à Delegacia de Plantão em Mossoró,e apresentado ao Delegado Roberto Moura,para que medidas cabíveis sejam adotadas pela autoridade policial.

Fim da linha

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

MP recomenda demissão de parentes de servidores da Prefeitura de Governador Dix-Sept Rosado



A Prefeitura Municipal de Governador Dix-Sept Rosado deve exonerar, no prazo de 45 dias, todos ocupantes de cargos comissionados que tenham parentesco com servidores da instituição. A recomendação é do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).

As recomendações emitidas ao prefeito e ao presidente da Câmara de Vereadores têm também o objetivo de acabar com a prática de nepotismo cruzado.

Assim, devem ser exonerados aqueles que tenham relação de parentesco com o Governador do Estado e vice-governador, secretários de Estado, qualquer outro servidor comissionado do poder Executivo estadual, deputados, ou com Conselheiros e Auditores do TCE/RN, membros do Poder Judiciário e do Ministério Público.

No mesmo prazo, deve ser feita a rescisão contratual em casos excepcionais de dispensa ou inexigibilidade de licitação, de pessoa jurídica cujos sócios ou empregados se encaixem nos mencionados perfis que caracterizam o nepotismo.

O mesmo deve ser feito nos casos de contratos realizados por tempo determinado, para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.

O MPRN destaca ainda que a partir do recebimento das recomendações, a Prefeitura se abstenha de nomear, contratar, manter, aditar ou prorrogar contratos de pessoas com ligação de parentesco com servidores do Poder Executivo Municipal ou de outro Poder, o que caracteriza o nepotismo cruzado.

Além disso, foi estabelecido que as autoridades devem remeter à Promotoria de Justiça de Governador Dix-Sept Rosado, mediante ofício, dez dias após o término do prazo determinado, cópia dos atos de exoneração e rescisão contratual que correspondiam às hipóteses referidas nos documentos enviados pelo MPRN, com a identificação dos tipos de parentesco conforme discriminado.

O não acatamento das recomendações implica na adoção das medidas legais necessárias a fim de assegurar o seu cumprimento, inclusive, por meio de ajuizamento de ação civil pública de responsabilização pela prática de ato de improbidade administrativa e reclamação perante o Supremo Tribunal Federal.
Mossoróhoje

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Governo do RN separa presos nos presídios por facção criminosa

Da redaçãoMossoróhoje

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte decidiu dividir os presos nos presídios do Estado por facção que pertence. Ao menos está sendo assim com a Penitenciária Regional Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, do Seridó.

71 presos que estava no Pavilhão E, controlado pela facção Primeiro Comando da Capital, foram transferidos sob forte escolta policial para o Presídio Rogério Coutinho, que fica ao lado do Presídio de Alcaçuz, no município de Nízia Floresta.

E pegou cerca de 90 presos do Rogério Coutinho e transferiu por volta das 23h da noite desta terça-feira, 25, para o Presídio Regional do Seridó. Foram dois ônibus para levar presos para Nizia Floresta e dois ônibus para trazer de volta. Os presos estavam todos algemados.

O objetivo da transferência, conforme a assessoria do Governo do Estado, foi em função dos conflitos entre facções dentro do Presídio Regional do Seridó.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Um anão natural da Paraíba foi morto na zona rural de Alexandria na noite de ontem:

Francisco Ataíde Batista de 25 anos de idade, natural da cidade de Paulista no estado da Paraíba, foi morto com cerca de 10 disparos de arma de fogo, na noite de ontem 25 de agosto de 2015, na localidade de Sitio Paratis, zona rural de Alexandria, onde seu pai trabalha como produtor rural.
Os pistoleiros utilizaram pelo menos dois tipos de arma, sendo uma delas pistola. Segundo informações, Ataíde, que era anão, estava retornando do enterro de um familiar quando foi surpreendido pelos atiradores. Ele morreu no local.
Familiares de Ataíde que residem no Rio Grande do Norte, não tem muitos detalhes sobre a vida e as ações dele, mas segundo informações, o anão sabia muito e falava demais. A Polícia tenta localizar e prender os pistoleiros.
O corpo de Francisco Ataíde Batista foi removido ainda na noite de ontem e necropsiado na manhã de hoje no Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep, Regional de Mossoró e será velado e sepultado na cidade de Paulista, na Paraíba onde residia.



Ocamera

CHALÉ MAR E SOL, NA CIDADE DE TIBAU RN

Reserve o seu chalé, ainda temos vagas para o dia 07 de setembro 2015,(Acampamento Cultural da Juventude Potiguar). Falar com FabricioCristiano Rocha através dos contatos

(84) 99423-3608 wat zap
(84) 99940-0098
(84) 98777-1925



terça-feira, 25 de agosto de 2015

Homem é preso suspeito do assassinato da esposa e da filha em Paracuru


Um homem foi preso em flagrante suspeito de matar a esposa e a filha de oito meses do casal. Marcelo Barbarena Moraes, 37, natural do Rio Grande do Sul, foi autuado por homicídio doloso triplamente qualificado. As vítimas, Adriana Moura de Pessoa Carvalho Moraes, 38, e a filha do casal, Jade, foram encontradas mortas no quarto de uma casa de veraneio da família, em Paracuru, Litoral Oeste. Na manhã de hoje, haverá a reconstituição do caso. 
Em depoimento ontem, Marcelo negou os crimes. Ele afirmou que a casa foi arrombada e não ouviu barulho de tiros. Porém, conforme a delegada Socorro Portela, diretora da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), ele se contradisse no depoimento e apresentou divergências em relação ao que foi dito pelo irmão e pela esposa dele, que também estavam na casa e foram ouvidos como testemunhas.
O depoimento dos três durou quase dez horas. A delegada ainda informou que não foram encontrados vestígios de arrombamento na casa e que um vizinho prestou depoimento afirmando ter escutado dois tiros durante a madrugada. Conforme Socorro Portela, Marcelo relatou ter quatro armas no apartamento do casal, no Cocó, e informou que o casamento dos dois estaria “conturbado”.
Uma mensagem de Whatsapp em um grupo da família foi encontrada pela Polícia no aparelho celular de Adriana. No texto, uma pessoa afirmava que Marcelo confessou o crime, ainda na casa, antes da chegada da Polícia.

A casa onde aconteceu o crime pertence à família de Adriana
O crime
Os corpos das vítimas foram encontrados por volta das 6 horas no imóvel, localizado no bairro Campo de Aviação. Adriana e a criança foram mortas enquanto dormiam, segundo Sônia Silva, da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). A criança foi baleada nas costas e a mãe, na cabeça. O casal morava no bairro Cocó, em Fortaleza. Adriana trabalhava como contadora em uma multinacional e o marido como gerente em outra empresa. O casal teve outra filha, de sete anos, que também estaria na casa no momento do crime.
Quem acionou a Polícia foi o próprio Marcelo, informou o comandante da PM de Paracuru, capitão Charles Robert. “Segundo a versão dele, acordou às 6 horas e foi olhar a esposa, que dormia em outro quarto. Quando mexeu nela notou que estava fria, então viu o sangue e percebeu que estava morta. Depois viu que a criança também estava morta”.
A perita Sônia Silva informou que encontrou um revólver calibre 38 no bebê-conforto da criança. A arma foi encaminhada à DHPP e deve passar por exame de balística hoje. “A arma estava embaixo do forro, bem no cantinho. A pessoa colocou a arma em pé. Ninguém nunca poderia imaginar que ali estivesse um revólver”, indicou.
Saiba mais
REPRODUÇÃO INSTAGRAM
Adriana e a filha Jade: a menina tinha apenas oito meses
Quem esteve no local do crime presenciou a emoção dos profissionais da segurança ao encontrarem mãe e filha mortas.
A perita Sônia Silva saiu do local emocionada diante da situação. “A gente fica imaginando como alguém tem sangue frio para retirar a vida de um inocente que não tem nenhum tipo de defesa. É muita maldade”, lamentou. Outro perito foi visto chorando ao deixar o local.
Na rede social Instagram, Sara Diniz, amiga de Adriana, escreveu: “Estou revoltada, indignada... A vida desses dois anjos foi retirada brutalmente. Nos abraçamos no meu ‘niver’ e nunca pensei que seriam os últimos sorrisos. Deus as guarde, linda Adriana e sua pequena Jade.”

Pai confessa ter matado filha e esposa em Paracuru CE


Marcelo Barbarena Moraes, 39, confessou ter matado a esposa Adriana Moura de Pessoa Carvalho Moraes, 38, e a filha de oito meses de idade, Jade Pessoa de Carvalho Moraes, na casa de veraneio em Paracuru.
Segundo o advogado da família, Leandro Vasques, o suspeito confessou o crime durante a perícia complementar feita pelos profissionais da área e da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta segunda-feira, 24, na casa de veraneio onde ocorreu o duplo-homicídio. 

Ainda conforme o advogado, a diretora da Divisão de Homicídios, delegada Socorro Portela, mostrou a Marcelo os pontos que ele entrava em contradição, o que ocasionou o relato do suspeito. 

"Não tinha sinal de arrombamento, a casa possuía cerca elétrica. Havia vizinhos nos dois lados, toda a vizinhança ouviu os estampidos. Mas ele alegava não ter ouvido. A Perícia Forense efetuou disparos e era um som capaz de acordar qualquer indivíduo, principalmente porque se trata de uma casa de dois andares, o som ecoa", relatou.

A Secretaria Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que Marcelo confessou o crime.
Arsenal em casa
Ainda nesta segunda-feira, 24, a Polícia encontrou armamento no apartamento do casal, na Avenida Padre Antônio Tomás, no bairro Cocó.
Nove armas entre revólveres e espingardas artesanais estavam na casa. Segundo um dos peritos que tem atuado no caso, Antoniel Silva, o material foi encaminhado à sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Marcelo seria colecionador de armas, no entando não há informações se esse material possuía registro.
O caso
Os militares da área foram acionados via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), para uma ocorrência de roubo em que duas pessoas foram mortas e se depararam com os corpos Adriana e Jade, conforme informou o capitão Charles Robert, responsável pela área de Paracuru.

Após a chegada da perícia forense foi encontrado um revólver calibre 38 dentro do bebê conforto, no quarto em que Marcelo dormia com a filha de sete anos. Ele e a esposa dormiam em quartos separados.

Marcelo esteve detido na sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O irmão dele e a cunhada estavam presentes na casa de veraneio no dia do crime e prestaram depoimento como testemunhas. Os dois preferiram não conversar com a imprensa a respeito do caso.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Comandante do 2º D P R E. alerta sobre emplacamento das motocicletas cinquentinhas

O capitão PM Lima, comandante do 2º D P R E. Policia Rodoviária Estadual de Trânsito da cidade de Mossoró, vem demostrando preocupações nos emplacamento das motocicletas cinquentinhas que deve ser feito num prazo de 90 dias contando a partir do dia 31 de junho de 2015, ou seja, até o final de outubro.
Lima se mostrou preocupado com a notícia veiculada que só era preciso emplacar as cinquentinhas em 2016, pois isto pode terminar por prejudicar proprietários deste tipo de veículo na medida que este não emplacar até outubro e terminar com seu transporte retido.

O comandante explica que as motos que estiverem sendo compradas a partir do dia 31 de julho já devem sair da loja emplacadas, assim como os outros modelos de motos. Já as cinquentinhas compradas antes desta data, tem até o final de outubro para emplacar.

Foto: Valéria Lima/Mossoróhoje

Promotorias estudam investigação de confronto entre taxistas e guardas Municipais da cidade de Mossoró


Confronto entre guardas civis de Mossoró e populares em Gov. Dix-sept Rosado: excessos
A invasão do município de Governador Dix-sept Rosado por oficiais da Guarda Municipal de Mossoró, e os confrontos decorrentes do ato poderão virar pauta para investigação do Ministério Público do RN (MP/RN) na próxima semana, embora o órgão ainda não tenha sido provocado oficialmente sobre o caso.

De acordo com a assessoria de comunicação do MP/RN, a instituição já estuda uma articulação entre as promotorias de Mossoró e Governador Dix-sept Rosado para atuar no impasse. Na próxima semana, o assunto deverá ser discutido com mais afinco pelos promotores, que ainda não foram procurados por nenhuma das duas partes.

“O MP ainda não foi provocado formalmente para que possa intervir diante dessa situação. Acreditamos que diante do impacto social gerado pelo confronto em Governador deva haver uma reunião das promotorias, a fim de fechar um posicionamento e deliberar o que pode ser feito”, informou a assessoria.

Segundo os auxiliares, além da posição do MP, também será necessário definir que ações podem ser tomadas. “ Não temos como afirmar ainda se o MP vai abrir inquérito para apurar os fatos, ou se tomará outras providências, mas certamente amanhã isso já deverá ser discutido”, complementou a assessoria.

Servidores exclusivos de Mossoró trabalhavam em outra cidade

A Guarda Civil de Mossoró entrou em confronto com manifestantes em Governador Dix-sept Rosado, na manhã de quinta-feira (10), em protesto feito por taxistas e populares contra a determinação da Prefeitura de Mossoró de restringir circulação de transportes intermunicipais na cidade.

Vídeos em circulação em rede sociais mostram viaturas e guardas da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) em operação na cidade vizinha, bloqueando tráfego e agentes enfrentando manifestantes, com indícios de agressão verbal e excessos físicos.

A repercussão do caso levou cidadãos de Governador Dix-sept Rosado a questionar se a Guarda Civil de Mossoró tem prerrogativa de fazer operações em outras cidades, e se esse papel não caberia à Polícia Militar.

A Prefeitura de Mossoró, entretanto, justifica que a Guarda Civil fazia patrulhamento na RN-117 e foi acionada para coibir protesto de taxistas e populares, que queimaram pneus no trecho da rodovia na entrada de Governador Dix-sept Rosado.

Outra versão da Prefeitura é que a guarnição da Guarda Civil foi raptada, mantida em cárcere privado por manifestantes em Governador Dix-sept Rosado, porque foram impedidos de se movimentar na cidade.

Entretanto, vídeo retirado de câmera de segurança de estabelecimento comercial na entrada da cidade de Governador Dix-sept Rosado desmente a versão oficial. Na gravação, feita às 6h24, viatura da guarda é flagrada transitando pela cidade tranquilamente.
omossoroense

sábado, 22 de agosto de 2015

FRENTISTA RESIDENTE NA CIDADE DE TIBAU É EXECUTADO EM POSTO DE COMBUSTIVEIS NA BR 304 DIVISA RN/CE


Paulo Jorge,natural de Mossoró e residente na cidade de Tibau,foi assassinado na manhã deste sábado enquanto trabalhava como frentista em um posto de combustíveis na comunidade de Cacimba Funda,na Divisa do Estado do Ceará com o Rio Grande do Norte. Segundo as primeiras informações,Paulo Jorge estava trabalhando quando foi surpreendido por homens que chegaram em um veículo não identificado e efetuaram vários disparos contra ele. A vítima foi atingida com tiros na cabeça e torax e morreu na hora. O corpo está sendo isolado pela Polícia Militar de Aracatí,no Ceará. Paulo Jorge,trabalhou durante vários anos,na Rádio Libertadora de Mossoró,como operador de áudio,foi secretário de comunicação em Tibau e atualmente trabalhava como frentista em Cacimba Funda na divisa do RN com o Ceará. O corpo será removido pelo Instituto Médico Legal-IML do Ceará e depois liberado para sepultamento que deverá acontecer em Mossoró. 




 
www.passandonahorarn

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Pastor Bruno Rodrigues assumirá Assembleia De Deus em Tibau



O Pastor Bruno Rodrigues assumirá nesta quarta-feira dia (26) Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Tibau, o Pr. Bruno Rodrigues está vindo do Punaú, distrito de Ceará-Mirim-RN.
O Pastor Anchieta, que foi missionário na Venezuela estará assumindo a Assembleia de Deus em Punaú, campo da IEADERN de Ceara-Mirim

www.cleitonalbino

Guarda Municipal de Mossoró invade a cidade de Governador Dix-sept Rosado e gera tumulto em protesto



Manhã de quinta-feira marcada por mais uma polêmica envolvendo a Guarda Municipal de Mossoró. Os guardas que estavam de plantão se deslocaram RN-117 e provocaram uma grande confusão com taxistas e populares do município vizinho.

De acordo com a versão apresentada pela Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM), os guardas estavam patrulhando as vias de acesso a Mossoró na tentativa de impedir a realização de bloqueios por parte de taxistas clandestinos quando uma das viaturas teria sido abordada por manifestantes.

"Uma das nossas guarnições estava patrulhando quando foi abordada por taxistas, que ameaçaram e os conduziram à força até a cidade de Governador, onde havia mais de 100 clandestinos. Lá passaram a ameaçar de morte os dois, afirmando que eles seriam queimados vivos", explicou o secretário Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, Alvibá Gomes.

Os manifestantes, por outro lado, alegam que os guardas foram ao município de Governador Dix-sept Rosado espontaneamente e tentaram impedir o protesto realizado pelos taxistas, contra a determinação da PMM, de limitar a circulação dos veículos nas ruas de Mossoró.

Vídeos divulgados em redes sociais mostram a chegada de uma viatura da Romu e guardas municipais em meio a um forte clima de tensão. Neste momento os guardas civis buscavam abrir caminho em meio aos manifestantes para adentrar a cidade de Governador Dix-septRosado.

Em meio ao tumulto os guardas civis teriam pedido apoio a Mossoró e com a chegada de outras viaturas da Guarda Civil de Mossoró, da Força Tática da Polícia Militar (PM) e Polícia Civil, o confronto foi intensificado ampliando a revolta em meio aos manifestantes.

Um vereador do município de Governador Dix-sept e populares que participavam do ato questionaram a ação contundentes e foram presos.

Três pessoas foram presas e encaminhadas para a Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe): o vereador de Governador Dix-sept Rosado, Evandro "Vandinho" de Araujo (PHS), o ex-vereador do município, Antônio "Bolota" Freitas e Patrício Sifrônio da Silveira, indiciados pelo crime de cárcere privado.

Os acusados prestaram depoimento à polícia e foram liberados mediante pagamento de fiança de R$ 3.000,00, R$ 2.000,00 e R$ 1.000,00 respectivamente.

Vereador preso desmente versão da PMM

A versão divulgada pela PMM, de que os manifestantes teriam forçado a viatura da Guarda Municipal de Mossoró a se deslocar até o local do protesto em Governador Dix-sept Rosado foi contestada pelos três dix-septienses presos ontem.

Em contato com o jornal O Mossoroense, o vereador Evandro Araújo explicou que os oficiais já estavam na entrada do município vizinho quando o problema teve início, provocando revolta na população e taxistas que passaram a questionar a ação considerada abusiva.

"A Guarda chegou a Governador e a própria população cercou o carro. Eles poderiam descer tranquilamente, mas a população travou a saída do veículo. Houve uma queima de pneus, e nós estávamos lá participando do ato como cidadãos. Não é verdade que eles estavam em cárcere, se o povo quisesse teria ateado fogo no carro da Guarda. Por que não fez isso?", indagou Evandro, relembrando que os oficiais não foram ameaçados por nenhum dos manifestantes.

O vereador afirma que discorda da presença da Guarda Civil na cidade vizinha, pelo fato de não haver competência que permita a atuação além dos limites de Mossoró.

"No meu humilde entendimento eles não tinham competência para estar lá. Nós perguntamos o que eles queriam e eles disseram que estavam monitorando as estradas, não acredito que eles podem fazer isso", concluiu Evandro.

Vídeo mostra que guarda estava armado com uma pistola

Vídeos divulgados em redes sociais durante todo o dia de ontem repercutiram e apresentaram detalhes do confronto entre a Guarda Civil de Mossoró, taxistas e população de Governador Dix-sept Rosado.

Num dos vídeos é possível ver um guarda municipal sacando uma pistola em meio a multidão enquanto ameaçava populares. Apesar de ser regulamentada por lei, o uso de armas é vetado a Guarda Civil de Mossoró em função da mesma ainda não ter sido treinada para liberar ações armadas.

No mesmo vídeo é possível ver um homem com farda da Força Tática efetuar disparos para o chão com uma escopeta. Durante o vídeo é possível identificar pelo menos três disparos. Bombas de efeito moral foram utilizadas para dispersar os manifestantes.

Segundo o vereador dixseptiense Evandro Araújo, "Dois guardas civis foram revistados no momento do tumulto e estavam armados com revólveres. Os disparos efetuados foram feitos pela PM, que desfecharam balas de borracha no chão além de bombas de efeito moral que foram jogadas", destaca o vereador.

O Secretário Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, Alvibá Gomes nega a informação e afirma que os dois guardas abordados durante o tumulto estavam desarmados. Ele ressaltou que de acordo com a lei 13.022, a guarda tem autorização para portar arma de fogo, mas que isso não aconteceu na ocasião.

"Desconheço que eles estavam armados. Se eles estivessem armados você acha que eles permitiriam ser abordados por taxistas na RN e serem levados de forma coercitiva, contra a sua vontade, para a cidade de Governador? Com certeza não. Quem estava armado eram os oficiais da força tática da PM, que foi convocada para ajudar a resolver a situação", explicou o secretário.

Alvibá afirmou que é procedimento padrão em casos como a manifestação em Governador que sejam disparados tiros para o chão. Ele também afirmou que ações mais duras poderiam ter sido tomadas se fosse necessário. "Também é procedimento padrão atirar em direção de uma pessoa que esteja representando ameaça ou que esteja apresentando resistência", afirmou.
Omossoroense