domingo, 31 de março de 2013

Cidadãos evitam sair de casa por medo da crescente onda de violência na cidade de Mossoró


Cidadãos evitam sair de casa por  medo da crescente onda de violência

Insegurança, revolta e medo. Estas foram as palavras mais pronunciadas por alguns moradores do bairro Nova Betânia, onde muitos afirmam que os assaltos acontecem a qualquer hora do dia ou da noite. Além das residências, pontos comerciais também são alvos fáceis e recorrentes dos assaltantes. Principalmente na última semana quando da interdição judicial da Cadeia Pública de Mossoró e do Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN) e os presos em flagrante ficaram sem ter para onde serem levados, tendo muitos deles liberação imediata após a autuação. 
A insegurança é tanta, que a população alega que não pode nem mesmo ficar sentada na calçada. Independente do horário, a pé, de bicicleta de moto ou carro os assaltantes não se sentem intimidados, segundo relatos das vítimas, sejam de assaltos à mão armada ou arrastões em casas.
De acordo com um comerciante que preferiu não se identificar, na última quinta-feira dois marginais abordaram uma mulher e levaram sua bolsa. "Isso aconteceu por volta das 10h, em plena luz do dia. Já está se tornando um hábito ver esse tipo de situação", lamentou.
Conforme o comerciante, o policiamento na área é muito precário. "Tenho esse comércio há quatro anos e graças a Deus nunca fui assaltado porque quando vejo alguém com atitude suspeita deixo tudo aqui e me afasto", disse.
Os furtos acontecem em todos os bairros e ruas, onde os bandidos desafiam a polícia em suas ações ousadas. A aposentada Maria Celeste, 67, moradora do bairro Aeroporto, contou que já foi assaltada várias vezes. "Por conta disso, alguns dias eu prefiro sair até sem bolsa para evitar chamar atenção dos bandidos. Está horrível a situação nessa área. Está muito perigoso. Em casos mais graves, quando acionamos a PM, ela demora a chegar", reclamou a mulher. 
Para evitar os assaltos, os comerciantes tentam se prevenir como podem. Na mesma rua onde a aposentada reside, um salão de beleza funciona todo gradeado, para garantir a segurança dos funcionários e clientes. "Chego aqui às 9h e saio por volta das 21h, mas o medo e o cuidado são dobrados. Nesse horário a rua é esquisita e escura para piorar", reclamou. Os moradores afirmaram que à noite a situação piora devido a falta de iluminação nos postes.
Segundo informações repassadas pelo delegado Denys Carvalho da Ponte, titular da Delegacia Regional da Polícia Civil de Mossoró, Nas últimas semanas as ações criminosas têm sido ainda maiores nas ruas e bairros da cidade, principalmente com relação ao roubo e furto de veículos, onde os moradores são atacados principalmente ao sair ou chegar em casa.
"Muitos assaltos ocorrem quando as vítimas saem ou chegam em casa. Para que isso seja pelo menos diminuído é preciso tomarem alguns cuidados simples, mas de fundamental importância. Entre eles, por exemplo, quando for chegar em casa observe se existe alguma pessoas estranha nas imediação. Principalmente à noite. Se tiver alguém, sonde logo o ambiente e se a desconfiança tiver sentido chame a polícia", explicou.
Com relação a roubos de residências, o delegado alerta que mantenham sempre as portas e portões fechados, evitando permanecerem sentados nas calçadas até tarde. "Se você tem o hábito de todo dia sentar na calçada de casa e ficar por muito tempo, os criminosos podem observar sua rotina e atacar a qualquer momento. Infelizmente é assim", destacou.
Nos assaltos ou arrastões, os criminosos costumam sempre serem rápidos, diante disso as vítimas devem evitar reagir e de preferência entregar os pertences para evitar uma possível reação dos bandidos.

Falta de vagas em unidades prisionais faz Justiça liberar criminosos
Com a interdição das duas principais unidades prisionais estaduais de Mossoró, desde o início da semana passada, quando o juiz Vagnos Kelly de Figueiredo Medeiros, titular da 1ª Vara Criminal, acatou o pedido do Ministério Público e decretou a interdição da Cadeia Pública e da Penitenciária Mário Negócio, ficou também proibido o ingresso de novos presos nas instituições.
Diante dessa situação, as Delegacias da Polícia Civil não têm para onde encaminhar os presos flagranteados ou detidos por força de mandado judicial. Como existe uma lei desde 2010, proibindo a presença de presos custodiados nas delegacias, a saída encontrada pela Justiça está sendo a liberação dos acusados.
"Quando uma prisão em flagrante cabe fiança, o valor está sendo reduzido como forma deste individuou não ficar preso. Quando o crime não é afiançável, a Justiça está sendo mais flexível e liberando o elemento para responder em liberdade. Particularmente não peço para ninguém ser solto, porém não tem como ficar com ninguém preso", explicou um delegado que preferiu não se identificar.
Na semana passada, dois casos chamaram atenção da população, com relação a soltura de dois presos. Um homem preso em flagrante traficando drogas teve a sua prisão relaxada pela 1ª Vara Criminal, após passar dois dias trancados em uma cela da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc).
Por sua vez, uma mulher detida, acusada de tráfico, assalto, homicídio e formação de quadrilha, permaneceu por dois dias nos corredores da DP Regional, até que a Justiça autorizou o relaxamento de sua prisão e a mandou para casa.
O delegado Denys Carvalho tem travado uma luta junto a Justiça e ao governo do Estado para que esta situação seja resolvida e os presos tenha aonde ficaren, após a detidos.
Uma das saída para amenizar o caos no sistema carcerário seria a reativação do Centro de detenção Provisória (CDP) do Abolição, que também está interditado judicialmente, devido rachaduras nas paredes do setor administrativo.
"Não cabe a eu decidir para onde levar os presos, nem se eles serão ou não liberados. Apenas cumpro a determinação judicial", concluiu Denys Carvalho.

sexta-feira, 29 de março de 2013

BANDIDOS ASSALTAM RESIDÊNCIA, DÃO DE CARA COM A POLÍCIA E APÓS PERSEGUIÇÃO E TIROS, QUATRO SÃO PRESOS, NA NOITE DE ONTEM EM MOSSORÓ.


Policiais da Força Tática do 2º BPM, escutaram pelo rádio comunicador do CIOSP, que na noite de ontem quinta feira (28/03/13), por volta das 20:00hs, em uma residência na Rua Mauro Leite de Souza Nova Betânia estava acontecendo um assalto. De imediato viaturas próximas e viatura Força Tática se diligenciaram para o local. Chegando nas proximidades um parente das vítimas avistou a viatura Força Tática que chegou primeiro ao local, e deu sinal de luz do seu carro para a polícia e seguiu junto com os pm's para a casa indicada.
Na chegada dos policiais, os bandidos  já estavam saíndo da residência e foram perseguidos pela polícia, um deles atirou contra a viatura e os policiais com receio de que no carro tivesse algum refém não revidaram. Já nas imediações da BR 304 em frente a uma madereira, um cerco foi montado com auxílio de várias viaturas, e os policiais com bastante perícia atiraram contra os pneus do carro suspeito, mas, mesmo assim eles continuaram em fuga. Diante de uma informação negativando que algum refem estaria no veículo a policia abriu fogo e assim eles resolveram parar o carro.
Fabiano Romão de Souza, Tiago Wanderley Martins, Jadson Bruno da Silva e Francisco das Chagas Silva Torres, foram presos em flagrante. Com eles a polícia encontrou duas armas cal. 38 sendo que uma no local do ocorrido e a outra dentro do veículo tipo GOL de cor preta e placa NNK-0157 Boa Saúde-RN, que foi conduzido pelo Delta Golf para a DP de Plantão, onde no interior do mesmo além da arma, todos os objetos do assalto.
Foram vários pertences, entre eles, Tvs, Notbooks, Celulares, Relógios, Bolsas etc...
Participaram da operação:
Forca Tática - 01.
Viatura do Oficial de Dia Aspirante Muniz.
Viaturas 225, 223, 227. 
































Prefeito de Tibau antecipou ontem o pagamento dos servidores, e os aniversariantes do mês receberam o 13º salário

“Naldinho” garante atenção especial aos servidores na sua gestão

Depois de anos de trabalho sem remuneração digna e recebendo os salários com atraso nas gestões anteriores, finalmente os servidores públicos municipais de Tibau estão resgatando a dignidade. É que o prefeito Josinaldo Marcos de Souza, “Naldinho” (PSD), decidiu fazer do calendário de pagamento do funcionalismo uma das prioridades na sua gestão.

Entre as boas notícias repassadas aos servidores neste período, o prefeito “Naldinho”  adiantou para ontem  quinta-feira, 28, a antecipação do pagamento dos salários do mês de março para toda a categoria. “O adiantamento dos valores é em virtude ao período da Semana Santa”, explica o gestor.


Segundo o prefeito, a meta é manter o pagamento dos servidores em dia e dentro do mês trabalhado. Para isso, está definido que o desembolso será efetuado no último dia útil de cada mês.

Uma novidade introduzida na atual gestão, é que a partir de agora o servidor do quadro efetivo receberá o 13º salário no mês de aniversário. Portanto, aqueles que aniversariam em março receberam ontem o salário normal e o abono salarial. Os demais servidores continuarão recebendo o benefício no final do ano.


Prefeitura de Tibau distribuiu o pescado da Semana Santa para cerca de 500 famílias assistidas pelos programas sociais no município

Prefeitura distribuirá peixes para as famílias de baixa renda

Ontem quinta-feira, 28, a Prefeitura de Tibau fez a distribuição do pescado da Semana Santa para centenas de famílias assistidas pelos programas sociais desenvolvidos no município, inclusive o Bolsa Família. foram entregues kits de peixes para cerca de 500 famílias tibauenses.

Essa ação reforça a preocupação e o respeito da administração do prefeito Josinaldo Marcos de Souza, “Naldinho” (PSD), com a população, principalmente as famílias de baixa renda, que não têm condições de comprar o peixe, que para os católicos, é sagrado na Semana Santa.


“Ações sociais de alcance serão rotineiras durante a nossa gestão, pois entendemos que para quem recebe o benefício é sempre muito importante. E também é importante para nós, pois temos a certeza de que estamos fazendo um pouco mais para atender a todas as camadas sociais de nossa cidade”, conclui o prefeito “Naldinho”.

quarta-feira, 27 de março de 2013

Queda de 42% no FPM cria dificuldades para prefeitos

A Tribuna do Norte destaca que o Fundo de Participação dos Municípios vai fechar março com uma queda recorde de 42,4% em relação ao mês anterior, segundo a Secretaria do Tesouro Nacional. Para as cidades com até 10.188 habitantes, catalogadas pelo Tribunal de Contas da União como município 0.6, o repasse de março será de R$ 334 mil, já descontados os 20% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O valor praticamente é o mesmo de março do ano passado e o menor dos últimos cinco meses.

A queda já era esperada pelos prefeitos, mas não em patamar tão alto. “É a maior queda porcentual na comparação de um mês com o anterior dos últimos cinco anos”, disse ontem o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Benes Leocádio, prefeito da cidade de Lajes, no sertão potiguar. Em entrevista ao Panorama Político, da Rádio Globo Natal, ele enfatizou que a situação é preocupante porque as finanças municipais já vinham em desequilíbrio desde o ano passado em função da crise econômica que obrigou o governo federal a promover desonerações em alguns produtos integrantes do rol de cobrança de tributos que engrossam o bolo do Fundo de Participação, como é o caso dos automóveis e de eletrodomésticos da linha branca.

PRF inicia Operação Semana Santa


A Polícia Rodoviária Federal inicia à 0h desta quinta-feira (28) a Operação Semana Santa. De acordo com a assessoria de imprensa, a operação terá como objetivos intensificar as fiscalizações nas estradas federais que cortam o estado, combater o excesso de velocidade e embriaguez ao volante.

A Operação Semana Santa termina à meia-noite do domingo (31).

Durante as fiscalizações, serão utilizados etilômetros – o popular bafômetro – e radares. Ações educativas contra acidentes também integram a mobilização da PRF para o feriado prolongado.

Atuação na Lei Seca

A Polícia Rodoviária Estadual lembra que a Lei Seca está com novas regras desde o final de janeiro deste ano e que só nos dois primeiros meses de 2013 houve aumento de 160% autuações na Lei em comparação a 2012.

De acordo com o Código Nacional de Trânsito, o motorista que tiver 0,05 miligrama de álcool por litro de ar estará cometendo infração gravíssima e receberá multa de quase R$ 2 mil. Se for detectado 0,34 miligrama de álcool por litro de ar, a infração é considerada crime e, além da multa, o motorista pode pegar de seis a três anos de prisão.


Já no exame sanguíneo, o motorista recebe multa por qualquer concentração de álcool no organismo e ainda pode ser preso de tiver concentração acima de seis decigramas de álcool por litro de sangue.

Jovem da cidade de Tibau é preso por tráfico de drogas em Macau


O GTO de Macau sob o comando do Major Fernandes realizou mais uma importante ação contra o tráfico de droga no inicio da noite de quarta feira dia 20/03. a policia mais uma vez recebeu denuncia anônima e caiu em campo, segundo relato do comandante da CIPM de Macau, o jovem Tarcio Dantas Silva, 18 anos,que morou por muito tempo na cidade de Tibau RN,hoje segundo ele residente na Cohab vinha de Natal com a maior parte da droga, maconha e crack em um alternativo que faz a linha diariamente Natal, Macau.

A policia ficou de campana na entrada da cidade na BR 406 com uma equipe, e outra na entrada da ponte da Ilha de Santana, na BR aconteceu a abordagem contra Tarcio que ao ser questionado para quem ele estaria trazendo a droga ele confessou que era para Welington Simão Silva, de 22 anos,(Welington Funk), residente na rua João Texeira em Macau, na casa de Welington a policia encontrou outra quantidade de maconha já pronta para consumo e um revolver cal 32, com quatro munições intactas.

Welington disse que a droga tinha mandado comprar e cada quilo custou um mil e quinhentos reais, o major disse que Welington é um dos distribuidores de droga em Macau pois vende em grande quantidade, ao todo foi apreendido 4.750 kg. mais quatro celulares e uma pequena quantidade de dinheiro fracionado, os dois acusados foram autuados em flagrante, tendo o chefe de cartório, Josué Miguel, ouvido as partes PMs e acusados e encaminhado ao delegado Delmontiê Falcão para lavrar o inquérito, ambos deverão ser transferidos, haja visto que o CDP está interditado e o corredor da DP superlotado.


Nove presos suspeitos de 30 assassinatos fogem da cadeia

Nove presos suspeitos de 30 assassinatos fogem da cadeia

Ontem à tarde, nove presos de alta periculosidade fugiram da Cadeia Pública de Mossoró Juiz Manoel Onofre de Souza, durante o horário de visitas, no Pavilhão "A". Os nove presos são acusados pelas investigações da Polícia Civil de terem praticado aproximadamente 30 assassinatos em Mossoró.

Segundo informações repassadas pelo diretor da Cadeia Pública, José Wilson, ontem era dia de visita social na ala onde ocorreu a fuga, quando por volta das 13h os presos retiveram os familiares das celas, para despistar os carcereiros, enquanto os fugitivos saíam por uma rota de fuga previamente planejada.
Na oportunidade os presos cavaram um buraco no teto do banheiro da quadra das visitas, por onde alcançaram uma construção abandonada na parte superior da cadeia. Lá em cima, os detentos usaram uma "teresa" (corda feita com pedaços de pano) para descerem o muro de pouco mais de quatro metros e entrarem no matagal, tomando rumo ignorado.
"Quando os presos fugiram os guariteiros soaram o alarme, chegando a dispararem alguns tiros, no intuito de conter a saída de outros presos. Passamos a acionar reforços para controlar os ânimos dos outros detentos", explicou o diretor.
A fuga tornou-se complicada de ser impedida, devido todos os fujões terem saído cada um para um lado diferente no matagal em torno da Cadeia Pública. "Nós tínhamos informações que a fuga iria acontecer a qualquer momento, inclusive na noite anterior vistoriamos todas as celas para nos certificarmos de que as grades estariam sem nenhuma problema, o que realmente ocorreu. Porém eles fugiram pela quadra de sol, no horário das visitas", disse.
Por volta das 15h30, agentes penitenciários, Grupo de Escolta Penal (GEP), policiais civil e militar e agentes do Depen entraram na unidade e conseguiram controlar a situação e retirar os familiares que ainda estavam nas celas.
Uma força-tarefa, composta de aproximadamente 50 homens, foi montada para perseguir os presos que escaparam, no entanto, até o fechamento desta edição ninguém ainda havia sido recapturado.


Nove presos fugirão
                                                     

segunda-feira, 25 de março de 2013

30 novos Policiais Civis são nomeados no RN

Os remanescentes do concurso público realizado ainda em 2010 continuam sendo chamados pelo Governo do Estado para integrarem os quadros da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Neste sábado (23), foi publicada, no Diário Oficial do Estado, a nomeação de mais 30 pessoas para a Polícia Civil.

Serão quatro novos delegados, oito escrivães e 18 agentes. Inicialmente, de acordo com a Delegacia Geral da Polícia Civil, eles deverão ser deslocados para o interior o Rio Grande do Norte, onde o déficit de policiais civis é muito maior.

No ato, assinado pela governadora Rosalba Ciarlini, consta que a nomeação leva em consideração: “que a última nomeação dos candidatos, ocorrida em 05 de janeiro de 2013, através de publicação no Diário Oficial do Estado nº 12.862, foi insuficiente para suprir as necessidades da segurança pública; bem como a necessidade de reposição das vagas dos candidatos que não tomaram posse ou pediram exoneração, dentro do período de estágio probatório, fazendo-se necessário novo chamamento para suprir essas vagas”.

Confira os nomes dos convocados:

Delegados
Leonardo Cavalcanti Rodrigues da Cunha
Marina de Lima Toffoli
Anderson Dutra Tebaldi
Helena Cristina Aguiar de Paula

Escrivães
Larissa Priscila Pereira da Silva
Priscila Nogueira Kruger
Daniel Rodrigues Martins
Maria Cristianne Nóbrega de Albuquerque
Isabel Cristina dos Santos Melo Barbosa
Danielle Vanessa Miranda de Holanda Pinheiro
Larissa Silva Carneiro
Denilson Anchieta Rodrigues
Agentes
Fábio Moura Lucena
Katiane Martins Barbosa da Silva
Renato Nobre Formiga
Bruna Rafaela Ferreira de Medeiros
Igor Felipe de Oliveira Martins
Tatianne Azevedo Maia
Carla Pires Gama Rocha
Cyro Vilela da Fonseca Junior
Frederico



Fonte: Portal BO

domingo, 24 de março de 2013

Prefeitura de Tibau RN anuncia pagamento antecipado dos Funcionários Públicos.




O prefeito da cidade de tibau, Josinaldo Marcos anunciou a antecipação do pagamento dos servidores Públicos Municipais. De acordo com informações da prefeitura, a previsão é que os salários serão liberados até Quinta feira da semana que vem, dia 28 de Março onde o executivo pretende manter o pagamento em dias todos os meses até no máximo dia 30-31 de cada Mês.

De acordo com a Secretaria de finanças , O Sr.Filho Cunha, Josinaldo já determinou aos secretários de Administração, Educação e Saúde e demais secretariados, para que providenciem os processamento antecipado de suas folhas para que o pagamento seja iniciado na data citada acima que é dia 28. Segundo a Secretaria de Educação, no seu departamento a folha já se encontra praticamente concluída.

Josinaldo também anunciou que a partir de Março pagará o décimo terceiro salário no mês de aniversário do servidor. 

“Entendemos que a garantia e o agendamento do pagamento deixa o nosso servidor mais seguro para realizar suas compras tendo a certeza que poderão também honrar seus compromissos”, disse o gestor.

A Prefeitura tem até o 5º dia útil de cada Mês para efetuar o pagamentos dos servidores.

Interdição de presídios gera caos nas delegacias de Mossoró e região

Interdição de presídios gera caos nas delegacias de Mossoró e região
www.omossoroense
Desde a última terça-feira (19), quando o juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró, Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, deferiu o pedido do Ministério Público e decretou a interdição da Cadeia Pública Municipal de Mossoró Juiz Manoel Onofre de Souza e do Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN), devido não possuírem condições mínimas de funcionamento, que começou a ser gerado um monte de problemas nas delegacias de Mossoró e região.
De acordo com o a decisão do magistrado, o Governo do Estado deverá providenciar a retirada dos presos em um prazo de 90 dias. Durante a interdição está proibido o ingresso de novos detentos em qualquer um desses estabelecimentos prisionais.
Com isso, os presos flagranteados ou com mandados de prisão, capturados após a decisão da Justiça, estão sendo armazenados de forma irregular nas DPs civis, contrariando uma determinação de 2010 do Tribunal de Justiça, que proíbe a presença de presos custodiados em delegacias civis.
O delegado regional da Polícia Civil de Mossoró, Denys Carvalho da Ponte, vê a interdição das unidades prisionais como um dos maiores problemas já gerado no sistema prisional local devido não ter para onde levar os detentos que foram autuados nos últimos dias.
"Eu não estou aqui questionando a sentença judicial, muito pelo contrário, ela é de fundamental importância, devido os presos viverem em condições subumanas. O que estou questionando é que se encontre logo uma solução para colocar os presos, pois eles não podem ficar nas delegacias sem nenhuma estrutura para abrigá-los", destacou.
Numa entrevista coletiva na última quarta-feira, o juiz Vagnos Kelly explicou os motivos que o levaram a acatar o pedido do MP, para a interdição das unidades prisionais. Indagado sobre o destino dos presos que terão de ser retirados dos presídios e da situação dos novos detentos pegos em flagrante, o magistrado foi categórico e direto: "Cabe ao governo encontrar mecanismo para resolver a situação das unidade prisionais ou encontrar para onde levar os apenados e provisórios".
Até a última sexta-feira, aproximadamente 20 presos estavam sendo mantidos em delegacias da região, com destaque para a cidade de Areia Branca, onde 14 detentos são mantidos irregularmente e em condições precárias.
INTERDIÇÃO
O promotor Lúcio Romero Marinho, da 14ª Promotoria de Justiça, que ajuizou a ação de interdição, disse que do jeito que se encontram atualmente as unidades prisionais não tem condições de funcionarem.
"A ausência de instalações, de equipamentos e de projetos de prevenção contra incêndios; condições sanitárias e ambientais impróprias para alojamento humano (na Cadeia Pública, o esgoto e a fossa estão a 'céu aberto', gerando odor inclusive para a vizinhança), no Complexo Penal não há tratamento de água e o lixo está espalhado por todo o ambiente externo e falta de segurança estrutural dos prédios em decorrência de problemas com as instalações elétricas, hidrossanitárias, algumas lajes já apresentam exposição das armaduras, são algumas das irregularidades verificadas", disse.

Nem a Cadeia Pública Municipal de Mossoró nem o Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio possui Alvará de Funcionamento expedido por autoridades municipais da Secretaria de Tributação, e Licenciamento Ambiental, expedido pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema).
Justiça reforça proibição quanto ao recolhimento de presos de outras Comarcas
A juíza da Comarca de Assú, Aline Daniele Belém Cordeiro Lucas, determinou novamente intimação ao secretário estadual de Interior, Justiça e Cidadania e ao coordenador do Sistema Penitenciário Estadual para providenciarem dentro de 15 dias a transferência dos presos de outras Comarcas que se encontram recolhidos no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Assú e foram encaminhados para a unidade após a existência de decisão judicial determinando a interdição do estabelecimento prisional.
A magistrada também mandou intimar o diretor do CDP para dar integral cumprimento à decisão proferida e receber exclusivamente naquela unidade prisional os presos de justiça da Comarca de Assú.
De acordo com a juíza, sua decisão também elevou a multa imposta ao titular da Sejuc e ao coordenador da Coape para R$ 1.500,00 diários em caso de eventual descumprimento da decisão.
Sinpol reage com indignação à presença de presos custodiados em delegacias do RN
O Sindicato da Polícia Civil e dos Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol) reagiu com indignação à permanência e retorno de presos custodiados nas DPs do Estado e promete para esta semana algumas mobilizações para impedir que agentes civis tomem conta de detentos. A decisão de mobilizar a categoria foi tomada em uma assembleia extraordinária ocorrida na noite da quarta-feira (20), no auditório do Sinpol em Natal.
De acordo com o Sinpol, a situação irregular que está acontecendo nas delegacias do RN, em consequência da falta de investimentos no sistema prisional, ou a simples manutenção dos presídios, tem gerado desconforto para a categoria, que agendaram para esta semana visitas a algumas cidades do interior onde os presos permanecem custodiados nas DPs.
Além de mobilizar a categoria, o Sindicato está tentando marcar audiências com as autoridades da Segurança Pública, e enviando ofícios à Justiça, com cópias para o Ministério Público, Corregedoria Geral de Justiça e Conselho Nacional de Justiça, solicitando que sejam determinados, urgentemente, os locais para onde presos devem ser transferidos, diante das últimas interdições de unidades prisionais, como a Cadeia Pública e a Penitenciária Mário Negócio em Mossoró, além da Penitenciária Estadual do Seridó, o "Pereirão", interditada no dia 14 passado.

sábado, 23 de março de 2013

Polícia Civil desbarata grupo de extermínio no agreste potiguar

José Carlos, José Hermínio, José Edson e Maria José foram presos
José Carlos, José Hermínio, José Edson e Maria José foram presos

A Polícia Civil do município de Pedro Velho, comandada pelo delegado Normando Feitosa, deflagrou ontem a "Operação Muralha", com o objetivo de cumprir mandados de prisão contra quatro pessoas acusadas de fazerem parte de um grupo que cometia assassinatos no agreste potiguar. José Carlos Fernandes, o "Pai Carlinhos"; José Hermínio Filho, conhecido como "Pipo"; José Edson Peixoto, o "Cabra" e; Maria José da Silva Araújo foram presos.
Segundo a Delegacia Geral de Polícia Civil (Degepol), no agreste potiguar havia um grupo de extermínio chefiado por Gerivaldo Silva da Cruz, o "Val da Paulista", que cometia vários homicídios entre as cidades de Parnamirim, São José do Mipibu, Pedro Velho e Montanhas.
A quadrilha liderada por ele foi desvendada através de interceptação telefônica, na qual foi apontado também os quatro acusados como integrantes do grupo, além de um adolescente. A rede criminosa envolvia além de homicídios, os crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de armas.
Ainda de acordo com a Degepol, "Val da Paulista" já respondeu por tentativa de homicídio no Distrito Federal, por homicídios em São Paulo, Parnamirim e Natal e tráfico de drogas no Rio Grande do Norte.
Em depoimentos, testemunhas disseram terem visto Val em dois recentes homicídios, motivado por acerto de contas referente ao tráfico de drogas. Val está ligado diretamente a pelo menos vinte homicídios no Estado.

Ministério da Pesca e Aquicultura instituirá Carteira do Pescador com chip eletrônico


Nova carteira facilitará ações para os pescadores de todo o país  Nova carteira facilitará ações para os pescadores de todo o país
Tibau - Mudança na Carteira do Pescador em todo o país. Os modelos atuais sairão de circulação e vão dar espaço a um novo documento dotado de chip eletrônico.

A medida, surgida no âmbito do Ministério da Pesca e Aquicultura, em Brasília, foi anunciada pela presidente da Colônia de Pescadores ,Maria do Rosário em Tibau. Ela adiantou que o processo de substituição já foi iniciado.
A dirigente pesqueira alertou a categoria que a requisição da nova carteira só poderá ser feita no dia do aniversário de nascimento do beneficiário. "Para dar entrada no pedido da carteira o pescador só poderá fazer isso no data do aniversário, não pode ser solicitada antes", explicou. "Depois do dia do aniversário, o pedido tem que ser encaminhado à colônia num prazo máximo de 30 dias", completou.
ela também advertiu que, passados os 30 dias do prazo sem que a mudança tenha sido realizada, o pescador terá o seu registro automaticamente cancelado pelo Ministério da Pesca e Aquicultura. "Por isso desde já recomendo muita atenção aos pescadores para que não sejam prejudicados e tenham que enfrentar essa situação constrangedora", frisou. A substituição atenderá todos os pescadores na ativa.
Dando detalhes do passo a passo para ter acesso ao novo documento, a presidente da entidade pesqueira em Tibau informou que o estágio inicial sedará com o comparecimento à entidade com o objetivo de atualizar os dados cadastrais. O preenchimento do formulário de atualização cadastral fornecerá as informações que serão eletronicamente enviadas ao órgão federal, em Brasília, para a confecção da carteira.
Precaução
A senhora Maria do Rosário presidente da Colônia de Pescadores salientou que a nova Carteira do Pescador será dotada de um chip eletrônico que terá monitoramento instantâneo do Ministério. A novidade, ressaltou a representante dos pescadores em Tibau, tem o fundamento de eliminar as fraudes na obtenção do documento de identificação.

"É importante dizer que, mesmo que a carteira atual não esteja vencida, o seu proprietário deve ir à colônia, no dia do aniversário, para iniciar a mudança", concluiu.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Polícia Civil não sabe até quando suportará presos em delegacias interditadas

O delegado regional da Polícia Civil, Denys Carvalho da Ponte, não sabe até que ponto as delegacias podem suportar presos custodiados em suas carceragens, depois que o juiz Vagnos Kelly de Figueiredo Medeiros, titular da 1ª Vara Criminal, interditou, na última terça-feira, a Cadeia Pública e o Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN). Com a interdição, as unidades deixaram de receber presos flagranteados ou mesmo sentenciados, fazendo com que as DPs voltem à superlotação.

O caso mais grave, de acordo com Denys Carvalho, é o da Delegacia de Areia Branca, que conta atualmente 14 presos, de forma irregular e em condições subumanas, sem nenhuma estrutura para abrigá-los.

"Os presos que estão em Areia Branca estão em condições piores do que os da Cadeia Pública e da Mário Negócio. Nas duas unidades os presos têm comida, onde dormir, visitas, dentre outros benefícios, enquanto que nas delegacias não tem nada disso", destacou.

Além de Areia Branca, também tem presos na Denarc e na DP de Governador Dix-sept Rosado. "Minha preocupação é maior ainda devido à chegada do final de semana, onde geralmente ocorrem flagrantes e prisões", disse.

Ontem, o delegado Denys Carvalho entrou em contato com a Sejuc e a Coordenadoria Penitenciária Estadual, porém até o fechamento desta edição não havia recebido retorno.

"Fui também à Vara Criminal pedir orientação do juiz Vagnos Kelly, mas ele me disse que não cabe à Justiça indicar onde os presos devem ser colocados", concluiu o delegado.

Policiais adotam medidas contra retorno de presos a delegacias

Policiais civis se reuniram em assembleia extraordinária com o objetivo de programar uma série de medidas para acabar com a presença de presos em delegacias de todo o Rio Grande do Norte.

eunidos em assembleia na noite da quarta-feira (20) no auditório do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol/RN), em Natal, agentes e escrivães, decidiram que não vão mais aceitar custodiar presos de justiça e lutarão contra isso.

De acordo com o Sinpol, ficaram agendadas visitas da diretoria do sindicato a Goianinha (segunda-feira, 25) e Caicó (terça-feira, 26), e será definida uma data para mobilização em Canguaretama, para lutar contra a custódia ilegal de presos nestes municípios. Além disso, outra assembleia, com indicativo de paralisação, ficou programada para acontecer no dia 2 de abril, às 18h, novamente na sede do Sinpol/RN em Natal. A expectativa é que até lá, os presos que estão nas delegacias sejam retirados.

Além de mobilizar a categoria está marcando audiências com as autoridades da Segurança Pública, e enviando ofícios à Justiça, com cópias para ao Ministério Público, Corregedoria-Geral de Justiça e Conselho Nacional de Justiça, solicitando que sejam determinados, urgentemente, os locais para onde os presos devem ser transferidos, diante das últimas interdições de unidades prisionais, notadamente a da Penitenciária Estadual do Seridó, o "Pereirão", no dia 14 passado.

Ainda segundo o Sinpol, há uma decisão judicial, transitada em julgado, em resposta a uma ação civil pública promovida pelo Ministério Público do RN, na qual estabelece que em nenhuma hipótese presos devem permanecer custodiados em delegacias, já que o trabalho do policial civil não é de carcereiro e, sim, de investigador. Em conversa com o delegado de polícia, Fábio Rogério, este garante que não vai permitir a situação ilegal, nem cederá mais prédios da Polícia Civil para o sistema prisional.

No entanto, policiais presentes na asembleia relataram que no último domingo mais de 20 presos estavam no plantão da Zona Norte. Já Goianinha, estaria ontem com 15 presos de justiça. Canguaretama e Pipa também teriam situações parecidas, criticaram os policiais do interior.

Além das medidas empreendidas pelo sindicato, agentes e escrivães de Caicó informaram que elaboraram uma Carta-manifesto notificando as autoridades que a partir da próxima segunda-feira (25) não vão mais assumir plantões, se houver presos na delegacia.


Polícia Civil não sabe até quando suportará presos em delegacias interditadas

Vendas de peixe devem aumentar a partir da próxima semana

Vendas de peixe devem aumentar a partir da próxima semana
As vendas de peixe ainda não aumentaram neste período que antecede a Semana Santa. Segundo os comerciantes, as vendas só devem crescer a partir da próxima segunda-feira, 25. 
"O pessoal deixa para comprar somente quando inicia a última semana da Quaresma. O que a gente costuma vender antecipadamente são somente os ovos de Páscoa", explica Rodolfo Silva, gerente de um hipermercado da cidade.

Os comerciantes esperam um aumento de 50% nas vendas a partir da próxima semana. "As vendas mudam totalmente quando chega a Semana Santa, e as pessoas passam a consumir mais o produto. Aqui, os peixes mais procurados são a corvina, dourado, meca e salmão. Os preços são bastante variáveis, desde R$ 10,74, o quilo da corvina, até R$ 48,59, o quilo do filé do salmão", afirma Rodolfo Silva.
Além dos supermercados, os consumidores também têm a opção de adquirir o produto junto aos pequenos vendedores, como na Feira do Peixe, que fica ao lado do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), na BR-110.
O comerciante Paulo Damasceno conta que vende cerca de 400 quilos de peixe nos finais de semana. No entanto, na Semana Santa, chega a vender até duas toneladas do produto.

"Até agora, o movimento pode ser considerado normal. O pessoal passa a consumir mais o peixe durante a Semana Santa. Então o movimento vai começar a aumentar a partir de segunda-feira", explica Paulo Damasceno. Os tipos de peixe mais procurados na feira são a tilápia, cioba, serra e tucunaré. Outro produto que também é bastante vendido nesse período é o camarão.

"Nós temos o quilo do peixe a partir de R$ 8, chegando até R$ 18, dependendo do tipo. Já o quilo camarão, nós temos a partir de R$ 15, chegando até R$ 35", destaca o comerciante.

CABO DA PM PRENDE PROCURADOR FEDERAL QUE TENTOU SUBORNÁ-LO


“Minha polícia não aceita ser subornada. O senhor está preso por tentar subornar um funcionário público”. Cabo PM de fibra. Parabéns ao policial exemplar.

“Minha polícia não aceita ser subornada. O senhor está preso por tentar subornar um funcionário público”. Cabo PM de fibra. Parabéns ao policial. Exemplar.hyundai hb20


Fonte: Abordagem Policial via Blog no QAP

MAIS UM CRIME DE HOMICÍDIO NA CIDADE DE MOSSORÓ.


Mais um crime de homicídio foi registrado em Mossoró. Por volta das 17:00hs, de ontem quinta feira (21/03/13), a pessoa por nome de Ary Nogueira Filho, 30 anos de idade, mais conhecido como "Ary Filho", foi morto por dois homens em uma moto, em frente sua residência na Av. Rio Branco, bairro Boa Vista, próximo a praça dos esportes em um posto de lavagem de sua propriedade.

De acordo com as primeiras informações, Ary Filho foi socorrido em seu próprio carro por amigos para o HRTM, mas não resistiu aos ferimentos e morreu antes mesmo de dá entrada naquela unidade hospitalar. 
Ary Filho é bastante conhecido no bairro Alto da Conceição, assim como já teve diversas passagens pela polícia, acusado de assaltos.
Agentes da Delegacia de Homicídios estiveram colhendo informações no HRTM e informou que a vítima foi alvejado com cerca de quatro disparos de arma de fogo. O crime será investigado pela DEHOM.












quinta-feira, 21 de março de 2013

Justiça condena ex-prefeito de Baraúna a mais de 28 anos de reclusão


baraunas
O ex-prefeito de Baraúna, Francisco Gilson de Oliveira, foi condenado por desvio e uso indevido de recursos públicos, irregularidade na prestação de contas e dispensa ilegal de licitação. A pena final é de 13 anos e quatro meses de detenção e 15 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, além do pagamento de 233 dias-multa. Ele poderá recorrer em liberdade. A ação penal foi impetrada pelo Ministério Público Federal (MPF) e acatada pela juíza substituta da 8ª Vara Federal, Emanuela Mendonça.Prefeito de Baraúna entre 1997 e 2004, Francisco Gilson, de acordo com o MPF, praticou diversas irregularidades em convênios do Município com o Ministério da Integração Nacional e também no uso de recursos dos ministérios da Saúde e da Educação. Uma das ilicitudes foi a utilização de verba do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) para aquisição superfaturada de livros.Houve ainda irregularidades no uso de recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), já que ocorreu contratação direta para execução de um convênio, sem qualquer motivo para dispensa de licitação. Além disso, há provas de pagamento por obras não executadas. Uma auditoria da CGU apontou também que não foram aplicados R$ 52.708,50 recebidos através do Piso de Atenção Básica (PAB) do Ministério da Saúde, e não existe comprovação do destino de tais verbas.Além das penas restritivas de liberdade, a juíza federal impôs ao acusado, após o trânsito em julgado da sentença, a inabilitação pelo prazo de cinco anos para o exercício de cargo e função pública.

Presos que ameaçavam segurança do Paraná chegam ao Presídio Federal de Mossoró

Presos que ameaçavam segurança do Paraná chegam ao Presídio Federal de Mossoró

Os 20 presos que embarcaram ontem no estado do Paraná chegaram ao aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró, no final da tarde em um voo sem escala, do avião Hércules C-130, da Força Aérea Brasileira (FAB). Os detentos foram transferidos de presídios localizados na região metropolitana de Curitiba e são apontados como ameaçadores da segurança do Paraná.

A aeronave com os 20 presos de alta periculosidade pousou no aeroporto às 17h e foi recepcionada por um forte esquema de segurança montado pelos agentes federais do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), que após submeterem os reclusos a exames de corpo de delito, os escoltaram até a comunidade rural do Riacho Grande, onde o Presídio Federal está situado.

Os que chegaram a Mossoró embarcaram no aeroporto internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A operação de transferência, batizada de "Limpeza", foi organizada pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp), em conjunto com o departamento de inteligência da Polícia Federal.

Ao todo, foram transferidos 38 presos na ação, sendo que 18 foram levados para o Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia.

Em entrevista à imprensa paranaense, o secretário de Segurança Cid Vasques explicou que a transferência foi uma medida preventiva e não tem relação com nenhum episódio criminoso recente, como a morte de dois agentes penitenciários.

"Nós estamos nos antecipando no sentido de resguardar a segurança do sistema prisional e diminuir a tensão", afirmou o secretário.

Os presos foram escolhidos a partir de triagem e, segundo o secretário, não há ligação de nenhum deles com o crime organizado. "Aqui no Paraná não existe organização criminosa com força alguma", garantiu Vasques.

                                        

quarta-feira, 20 de março de 2013

O avanço do mar fizeram desaparecer a escola Almerinda Barreto em Icapuí CE


Estado da Escola Almerinda Barreto. Foto: Ivan Souza
Foi com muita tristeza que vi o prédio da antiga escola Almerinda Barreto, na localidade de Barreiras da Sereia chegar à condição de ruína (como pode ser visto na imagem), trabalhei nesta escola durante cinco anos consecutivos na década de 90, lecionando na 4ª série do primário. Foi lá onde aprimorei as primeiras experiências do trabalho coletivo, juntamente com os demais funcionários da época (professoras e professores, coordenadores, secretários, serviços gerais, etc.)

A escola tinha uma enorme serventia para a comunidade, além das atividades escolares para as crianças e adolescentes e até mesmo para seus próprios pais. Era neste local onde ocorriam as reuniões mensais e extraordinárias da Associação dos Moradores de Barreiras (AMBAR); Os cursos para obter a carteira de pecador pela Marinha; Local de votação nas eleições nos diversos níveis (municipal, estadual, federal e plebiscitária).  A escola Almerinda Barreto sempre foi um espaço de grande importância para a comunidade local, pelo menos até o final do ano de 2004. Com a implantação do processo de nucleação das escolas no município de Icapuí em 2005, infelizmente, a partir dai a referida escola foi desativada e abandonada pela Prefeitura de Icapuí.
A partir de então, o prédio não recebeu nenhum tipo de melhoramento na sua estrutura física, ou ainda qualquer tipo de proteção em seu entorno, visando o avanço do mar. Ficou totalmente desprovido da açõa do poder público local. Para não dizer que o prédio ficou sem nenhuma serventia para a comunidade nos 8 anos,  a penas três famílias da região tiraram proveito daquela estrutura, na condição de moradores em determinado período.
Para finalizar, não podia deixar dizer que o abandono e consequentemente o fim daquele estabelecimento escolar (ainda que desativado para atividade escolar), foi uma tremenda falta de atitude (omissão) por parte de quem ficou a frente do governo municipal nesse intervalo de tempo de 2005 a 2013. Acho que assim como eu, outras pessoas também ficaram tristes e indignadas com a queda da nossa escola ALMERINDA BARRETO.Por Ivan Souza
Fonte: Icapuí na Linha

1,5 milhão de eleitores têm títulos irregulares


Quem não regularizar a situação perante à Justiça Eleitoral pode ter o Título de Eleitor cancelado
Ao todo, 17.110 pessoas regularizaram a situação eleitoral até a última sexta-feira, 15 de março. Mas, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ainda faltam mais de 1,515 milhão de brasileiros com alguma irregularidade. Elas não votaram nas três últimas eleições e também não justificaram a ausência, por isso podem ter o Título de Eleitor cancelado. O prazo para regularização vai até o dia 25 de abril.
As eleições municipais, eleições suplementares e referendos são contados como falta pela Justiça Eleitoral. Somente os pleitos anulados não contarão como falta. Aqueles eleitores cujo voto é facultativo e as pessoas com deficiência que apresentem dificuldades para votar não serão considerados como faltosos.
Para consultar se o nome está ou não com pendências, o eleitor deve procurar um cartório eleitoral mais próximo. A listagem está disponível também na página do TSE na internet, no menu Serviços ao eleitor”.

COMO SE REGULARIZAR
Se constatado na lista de irregulares, o eleitor deve comparecer ao cartório eleitoral do atual domicílio, com um documento oficial com foto – a exceção do passaporte -, e comprovante de domicílio eleitoral. Caso haja débitos com a Justiça Eleitoral, o valor da multa, se aplicado, é decidido pelo juiz eleitoral.

No caso dos eleitores que vivem fora do Brasil e desejam regularizar o título é preciso procurar a repartição consular ou Embaixada do Brasil. O interessado deve portar documento oficial de identificação, ou comparecer a qualquer cartório eleitoral ou central de atendimento ao eleitor, quando retornar ao Brasil.